QUER CONQUISTAR O QUE VOCÊ AMA?

DESISTA DA POSSE!

O Universo conspira para realizações onde a posse é excluída. O sentimento de posse, em algum momento, nos transforma em perdedores, tanto em relação a pessoas como a bens.

Tudo o que é criado no Universo é de todos e devido a todos. A escolha do que ou de quem deve ficar com quem é feita pelo amor, que é a lei da atração. O amor sabe se algo deve ser devido a uma determinada pessoa por um tempo ou pela vida toda. E se perdemos alguém ou algo que realmente amamos antes do momento adequado, é para que possamos aprender sobre ausência de posse e então voltar a vivenciar a mesma ou outra situação com amor e não com apego.

A ausência de sentimento de posse libera o espaço para o amor agir e trazer para junto de nós o que escolhemos pois não se trata de deixar vir à nós qualquer coisa de qualquer jeito, e sim algo que sentimos querer com intensidade. Para que possa vir à nós o que realmente escolhemos, esse querer deve ser desprovido dos sentimentos do ego.

Aquilo que recebemos sem realmente desejar, devemos aceitar, entregar e optar em perdoar para que siga adiante.

Essa compreensão se deu ao me reaproximar de uma pessoa que magoei e também me magoou embora soubéssemos do amor que sentimos um pelo outro, senti que algo dificultava nosso diálogo, parecia que “brigávamos” quando tentávamos conversar, mas o amor estava sempre presente, como pano de fundo.

Tendo assumido a responsabilidade em desfazer o muro que nos separa, por meio da Aceitação, Entrega e opção pelo Perdão, fui fundo em meu Interior. Embora o ego busque culpados, sei da unidade que somos, portanto não havia nada nem ninguém nos separando: faltava algo a ser perdoado para que o diálogo se tornasse fluído.

A atitude de DESISTIR DA POSSE, surgiu em minha mente quando, ao receber uma mensagem de desculpas, percebi que essa pessoa não me devia nenhuma desculpa ou explicação e que se o fazia era por amor.

Antes dessa compreensão, meu pensamento era: Desculpar? Novamente? Porque não fez o que disse que tentaria fazer? Há quanto tempo está me enrolando? Estou cansada. Chega! Agora: obrigada pela mensagem. Eu é que peço desculpas por insistir  e pressionar.

A posse fica clara na atitude de obrigar o outro a fazer aquilo que queremos, desconsiderando que a parede da mágoa ainda está erguida e irá dificultar a convivência ou no caso de um bem, a permanência conosco.

Não se trata de desistir do que queremos, e sim aceitar, entregar e optar em perdoar todas as situações que travam a sua liberação.

A posse aprisiona e impede a evolução: costuma acumular bens e manter casais aparentemente juntos apenas porque o egoísmo impera, tornando as pessoas prisioneiras de situações que não mais querem ou precisam estar vivenciando. A desistência da posse libera para novas experiências vindas do amor, permitindo a evolução.

A ausência de posse pode e deve ser vivenciada também nas atuais relações afetivas abrindo espaço para novas inteirações, na liberação da nossa casa para que as pessoas que moram nela ou apenas nos visitam se sintam livres e verdadeiramente à vontade no ambiente. Nas nossas atividades profissionais, permitindo a fluidez dos diálogos que proporcionam mudanças criativas, positivas e rentáveis.

Não se trata de doar todos os bens ou ainda deixar de ter um relacionamento a dois, mas sim de liberar e nos liberar para vivenciar tudo o que o generoso Universo tem para nos oferecer.

A AUSÊNCIA DE POSSE é uma mudança no nosso sentimento, que fará as transformações necessárias para que sejamos mais felizes e realizados.

  • Anna Izabel Fagundes, autora dos livros:

RELAÇÕES DE AMOR SINCERAS – 33 dias para reflexão

A CULPA NÃO É SUA – Perdão, a Essência da Transformação

A COMUNICAÇÃO POR MEIO DO AMOR

O SEGREDO POR TRÁS DO SEGREDO

UMA NOVA LINGUAGEM – O Ego e a Essência

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s