Quer usufruir a abundância existente? Sermos livres e desfrutar a vida é uma decisão que devemos tomar!

Passamos a existência trabalhando muito, preocupados com o futuro, observando quem desfruta a vida de forma abundante e aparentemente despreocupada, enquanto passamos o dia a dia lutando para darmos conta das despesas, nos sentindo satisfeitos quando conseguimos manter as contas em dia. Não raro, quando algum valor a mais entra em nossa conta bancária, acontece um problema de saúde ou algo parecido e ele se esvai… e nossos sonhos de desfrutar a vida com passeios, viagens ou outra forma que idealizamos, são interrompidos e substituídos por obrigações.

Seguimos pela vida desistindo de viver o que realmente nos deixa felizes, tentando nos contentar com os limites impostos pelas constantes dificuldades que surgem. O sofrimento calado por não atendermos os anseios de liberdade e alegria nos deprime e adoece.

Acreditamos que ser livres para desfrutar a vida depende da entrada de dinheiro, mas não depende!

Ser livre e desfrutar a vida é uma decisão que devemos tomar. E para que essa decisão tenha a Força necessária para ser colocada em prática, ela deve ter uma base muito mais forte do que o dinheiro. A entrada deste será uma conseqüência.

A base necessária é a conexão com a essência Divina existente no interior de cada um. Essa conexão nos fará sair desse ciclo interminável de ganhos e perdas que traz tanto sofrimento.

Ao optarmos pelo Perdão da escolha em viver a abundância e desfrutar a vida, seremos orientados e protegidos pela Divindade que habita em nós e então saberemos equilibrar nossos ganhos e gastos, selecionando o que realmente importa para a nossa realização, impedindo-nos de fazer algo que os outros poderiam considerar de valor mas nós não.

Ao mesmo tempo iniciaremos um processo de cura com base no amor, tornando-nos indivíduos saudáveis e íntegros ao nos relacionar com todos. Passamos também a saber quem verdadeiramente somos.  Aprenderemos a aceitar os outros como são, sem julgar e exigir tanto, pois estaremos fazendo o mesmo conosco.

Já ao conquistar sem nos utilizar da nobreza dessa atitude, podemos ganhar muito dinheiro e até ser ricos mas não nos sentimos abundantes: o medo de que algum dia o dinheiro falte nos leva a acumular para essa possível falta e assim deixamos de viver. E se gastarmos sem aprender a Perdoar, é possível que fiquemos endividados. Por outro lado podemos permanecer vivendo no limite, gastando o estritamente necessário para nos manter equilibrados em um nível de sobrevivência, sentindo medo constante do amanhã.

Vivi tanto uma situação quanto a outra e só depois de aprender sobre Aceitação, Entrega e opção pelo Perdão é que estou descobrindo o que é abundância.

Existe uma força Interna, que conduz a existência oferecendo tudo o que desejamos e muito mais, desde que se apure e transforme os sentimentos. E conseguimos fazer isso ao Aceitar, Entregar e optar pelo Perdão dos fatos e dificuldades que surgem no nosso dia a dia.

Ao não optar por perdoar, ficamos presos a obstáculos e aí lutamos e agredimos para obter e quanto mais agimos dessa forma mais dificuldades e animosidades criamos. Nos sentimos sós e acoados e, muitas vezes, desistimos dos objetivos traçados e de conviver com mais pessoas. Outras vezes utilizamo-nos da raiva gerada pela mágoa para seguir a diante, o que leva à doenças e desgastes nos poucos relacionamentos que ainda mantemos.

Existe uma crença de que Aceitar os fatos como se apresentam, significa concordar que os fatos são assim mesmo e nada é possível fazer,  mas atente que a ACEITAÇÃO não é concordância, aceitamos porque acreditamos na existência de uma Força divina existente em nosso interior e que, ao ENTREGAR à ela e escolher PERDOAR, os entraves e as dificuldade se desfarão.

Escolher ou optar em Perdoar, significa que basta isso: A Força existente em nós tem o poder do Perdão. A nós cabe escolher, com sinceridade e intensidade, Perdoar.

Quanto mais agirmos com sabedoria ao buscar a Divindade para seguir realizando nossos propósitos, mais os nossos olhos se abrirão para reconhecermos a abundância  que já está a nossa disposição!

 

  • Anna Izabel Fagundes, autora dos livros:

RELAÇÕES DE AMOR SINCERAS – 33 dias para reflexão

A CULPA NÃO É SUA – Perdão, a Essência da Transformação

A COMUNICAÇÃO POR MEIO DO AMOR

O SEGREDO POR TRÁS DO SEGREDO

UMA NOVA LINGUAGEM – O Ego e a Essência

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s